Formas de governo na retórica

alguns exemplos da percepção da democracia e da oligarquia em Demóstenes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24277/classica.v34i2.940

Palavras-chave:

ret´órica, Demóstenes, democracia, oligarquia

Resumo

Demóstenes é reconhecido como um dos grandes oradores da Antiguidade, sendo também reconhecido por sua atuação política em defesa de Atenas, especialmente de sua democracia e de sua liberdade, avaliando com temeridade o crescimento do poder macedônico. Apesar de a defesa da democracia ser um tema recorrente em sua obra, Demóstenes não é um teórico dela e muito de sua visão sobre esse regime político está ligado a uma idealização da experiência ateniense anterior à Guerra do Peloponeso, período do apogeu da talassocracia. Na construção da defesa da democracia e do êthos do democrata, elementos da oligarquia e do oligarca são utilizados. O objetivo deste artigo é avaliar o uso das formas de governo democracia e oligarquia por Demóstenes e, para tanto, o foco será na construção da antítese entre essas duas formas e a utilização das experiências oligárquicas de 411 e 404 a.C. nesse processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Priscilla Gontijo Leite, Universidade Federal da Paraíba

Professora de História Antiga do Departamento de História da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Docente permanente do PPGH/UFPB e PROFHistória/UFPB. Doutora em Mundo Antigo (Universidade de Coimbra). Membros dos Grupos Rhetor (UnB) e Democracia (USP). 

 

Referências

Autores Antigos

ARISTÓTELES. Política. Tradução de António Campelo Amaral e Carlos Gomes. Lisboa: Vega, 1998.

ARISTÓTELES. A Constituição dos Atenienses. Tradução de Delfim Ferreira Leão. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2011.

ARISTÓTELES. Retórica. Tradução e notas de Manoel Alexandre Júnior et al. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 2005.

DEMÓSTENES. Discursos políticos I. Tradução de A. López Eire. Madrid. Editorial: Gredos, 2007.

DEMÓSTENES. Discursos políticos II. Tradução de A. López Eire. Madrid: Editorial Gredos, 1985.

DEMÓSTENES. Discursos políticos III. Tradução de A. López Eire. Madrid: Editorial Gredos, 1985.

DEMÓSTENES. Discursos privados I. Tradução de J. M. Colubi Falcó. Madrid: Editorial Gredos, 1983.

DEMÓSTENES. Discursos privados II. Tradução de J. M. Colubi Falcó. Madrid: Editorial Gredos, 2007.

DEMÓSTENES. As três Filípicas. Oração sobre as questões do Quersoneso. Introdução, tradução, seleção e notas de Isis Borges B. da Fonseca. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

DEMÓSTENES. Sobre a Paz. Tradução de Lívia Medeiros de Albuquerque; Sandra Lúcia Rodrigues da Rocha. Translatio. 12, p. 63-82, 2016.

HERÓDOTO. História. Introdução e tradução de Mário da Gama Kury. 2. ed. Brasília: Ed. UnB, 1988.

PLATÃO. A República. Introdução, tradução do original e notas de Maria Helena da Rocha Pereira. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 2001.

POLÍBIO. História. Tradução de Mário da Gama Kury. 2. ed. Brasília: UnB, 1996.

POLÍBIO. História Pragmática. Livros I a V. Tradução de Breno Battistin Sebastiani. São Paulo: Perspectiva, 2016.

PSEUDO-XENOFONTE. A Constituição dos Atenienses. Tradução do grego, introdução, notas e índices de Pedro Ribeiro Martins. Coimbra: Editora do Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra, 2011.

Autores Modernos

BOBBIO, Noberto. Democracia e segredo. São Paulo: Editora Unesp, 2015.

CANFORA, Luciano. O mundo de Atenas. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

CARLIER, Pierre. Démosthène. Paris: Fayard, 2006.

CARLOS diz que Brasil não terá transformação rápida por vias democráticas. Veja, São Paulo, 9 set. 2019. Seção Política. Disponível em: https://veja.abril.com.br/politica/carlos-diz-que-brasil-nao-tera-transformacao-rapida-por-vias-democraticas/. Acesso em: 16 nov. 2020.

CASTORIADIS, Cornelius. Encruzilhadas do labirinto II – domínios do homem. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 2002.

DABDAB TRABULSI, José Antonio. Participação direta e democracia grega: uma história exemplar? Coimbra: Grácio Editor, 2018.

DABDAB TRABULSI, José Antonio. A democracia ateniense e nós. e-hum, v. 9, n. 2, p. 8-31, 2016.

ECO, Humberto. O fascismo eterno. Rio de Janeiro: Record, 2018.

ECKSTEIN, Arthur. Hellenistic Monarchy in Theory and Practice. In: BALOT, Ryan K. (ed.). A Companion to Greek and Roman Political Thought. Sussex: Wiley-Blackwell, 2009, p. 247-265.

ENTENDA inquérito do STF sobre manifestações antidemocráticas. G1, Rio de Janeiro, 15 jun. 2020. Seção Política. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/06/15/entenda-inquerito-do-stf-sobre-manifestacoes-antidemocraticas.ghtml. Acesso em: 16 nov. 2020.

FORSDYKE, Sara. The Uses and Abuses of Tyrany. In: BALOT, Ryan K. (ed.). A Companion to Greek and Roman Political Thought. Sussex: Wiley-Blackwell, 2009, p. 231-246.

LEÃO, Delfim Ferreira. A globalização no mundo antigo: do polites ao kosmopolites. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2012.

LEITE, Priscilla Gontijo. Ética e retórica forense: asebeia e hybris na caracterização dos adversários em Demóstenes. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2014.

LEITE, Priscilla Gontijo. Religião e Jogos de Poder: o Contra Mídias de Demóstenes. Curitiba: Prisma, 2017.

LEITE, Priscilla Gontijo. Democracia e o cidadão ideal: o retrato do cidadão em Contra Leócrates. In: SEBASTIANI, Breno Battistin; LEÃO, Delfim; SANO, Lucia; SOARES, Martinho; WERNER, Christian (coord.). A poiesis da Democracia. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018, p. 209-238.

LEITE, Priscilla Gontijo; SILVA, Lívia Maria da. Participação política e democracia: a visão do povo em “A constituição dos atenienses” e algumas reflexões para o presente. In: ALBURQUEQUE, Renan; GRIZOTE, Weberson (org.). Estudos clássicos e humanísticos & Amazonalidades. São Paulo: Alexa, 2018, p. 35-52.

LEITE, Priscilla Gontijo. Breves considerações sobre a democracia e o demos em Heródoto e Aristóteles. Phoînix, v. 25, n. 1, 2019a, p. 68-82.

LEITE, Priscilla Gontijo. O uso retórico da liberdade em Demóstenes. In: SANTOS, Gilson Charles dos (org.). Liberdade e Escravidão na Antiguidade Clássica. São Paulo: Pontes Editores, 2019b, p. 89-118.

LIDDEL, Peter. Democracy Ancient and Modern In: BALOT, Ryan K. (ed.). A Companion to Greek and Roman Political Thought. Sussex: Wiley-Blackwell, 2009, p. 133-148.

PLÁCIDO, Domingo; FORNIS, César. La democracia tutelada. El papel de la oligarquia y del poder personal en la Atenas del siglo IV a.C. Incidenza dell’Antico, v. 10, p. 79-107, 2012.

RANCIÈRE, Jacques. O ódio à democracia. São Paulo: Boitempo, 2014.

RYDER, Timothy Thomas Bennett. Demosthenes and Philip II. In: WORTHINGTON, Ian (ed.). Demosthenes. Statesman and orator. London: Routledge, 2000, p. 45-89.

SANCHO ROCHER, Laura. ΙΣΟΝΟΜΙΑ ΚΑΙ ΔΗΜΟΚΡΑΤΙΑ. Revue des Études Anciennes, v. 93, n. 3-4, p. 237-261, 1991.

SANCHO ROCHER, Laura. Fortaleza crisis. La ideia de democracia en el corpus político demosténico. Dialogues d’histoire ancienne, v. 27, n. 2, p. 45-62, 2001.

SANCHO ROCHER, Laura. Las fronteras de la política. La vida política amenazada según Isócrates y Demóstenes. Gerión, v. 20, n. 1, p. 231-253, 2002.

SANCHO ROCHER, Laura. El discurso democrático en Atenas de 330 a.C. In: FORNIS VAQUERO, César; GÁLLEGO, Julián; BARJA DE QUIROGA, Pedro Manuel López (coord.). Dialéctica histórica y compromiso social. Madrid: Libros Pórticos, 2010, v. 1 p. 205-234.

SANCHO ROCHER, Laura. El discurso sobre la democracia: las Demegorías de Demóstenes. In: FORNIS, César (ed.). Los discursos del poder/ el poder de los discursos en la antigüedad clásica. Madrid: Libros Pórticos, 2013, p. 111-127.

SEBASTIANI, Breno Battistin. Atenas, 411: do golpe à poesis da democracia. In: SEBASTIANI, Breno Battistin; LEÃO, Delfim; SANO, Lucia; SOARES, Martinho; WERNER, Christian (coord.). A poiesis da Democracia. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018, p. 67-94.

WORTHINGTON, Ian. Demosthenes’ (in)activity during the reign of Alexander the Great. In: WORTHINGTON, Ian (ed.). Demosthenes. Statesman and orator. London: Routledge, 2000, p. 90-113.

WORTHINGTON, Ian. History and oratorical exploitation. In: WORTHINGTON, Ian (org.). Persuasion: Greek Rhetoric in Action. London: Routledge, 1994, p. 109-129.

Downloads

Publicado

20-09-2021

Como Citar

Leite, P. G. (2021). Formas de governo na retórica : alguns exemplos da percepção da democracia e da oligarquia em Demóstenes. Classica - Revista Brasileira De Estudos Clássicos, 34(2), 1–21. https://doi.org/10.24277/classica.v34i2.940