Ápeiron: estudos em física e metafísica

Autores

  • Luiz Maurício Bentim da Rocha Menezes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) http://orcid.org/0000-0003-4925-9876

DOI:

https://doi.org/10.24277/classica.v32i2.849

Resumo

Expomos como “notas de pesquisa” o trabalho em andamento no grupo de pesquisa Ápeiron: Estudos em Física e Metafísica, que tem o intuito de desenvolver pesquisa no âmbito da metafísica antiga relacionada à física contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Maurício Bentim da Rocha Menezes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM)

Doutor em Filosofia (UFRJ). Professor de Filosofia, Ética e Política do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM).

Referências

CASERTANO, G. Sofista. São Paulo: Paulus, 2010.

DESCARTES, R. Meditações. São Paulo: Abril Cultural, 1979. (Coleção Os Pensadores).

DESCARTES, R. Discurso do método. São Paulo: Abril Cultural, 1979. (Coleção Os Pensadores).

DODDS, E. R. Os Gregos e o irracional. São Paulo: Escuta, 2002.

ÉSQUILO. Prometeu Acorrentado. Tradução de Mario da Gama Kury. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1993.

FERRARI, F.; DONINI, P. O exercício da razão no Mundo Clássico. São Paulo: Annablume Clássica, 2012.

GUTHRIE, W. K. C. Os sofistas. São Paulo: Paulus, 2007.

HADOT, P. O que é a filosofia antiga? São Paulo: Loyola, 1999.

HARARI, Y. N. Sapiens. Uma breve história da humanidade. Porto Alegre: L&PM, 2018.

JAEGER, Werner. Paidéia. A formação do homem grego. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

KIRK, G. S.; RAVEN, J. E.; SCHOFIELD, M. Os filósofos pré-socráticos. Tradução de Carlos Alberto Louro Fonseca. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 2010.

KOFMAN, S. Prometheus, the First Philosopher. Substance, v. 15, n. 2, p. 26-35, 1986.

LOPES, D. R. N. Protágoras de Platão. Tradução, estudo introdutório, comentários e notas de Daniel R. N. Lopes. São Paulo: Perspectiva; Fapesp, 2017.

NAAS, M. Philosophy Bound: The Fate of the Promethean Socrates. Research in Phenomenology, v. 25, p. 121-141, 1995.

NIETZSCHE, F. Nascimento da Tragédia. São Paulo: Cia. das Letras, 1992.

PRÉ-SOCRÁTICOS. São Paulo: Abril Cultural, 1973. (Coleção Os Pensadores).

ROSSETTI, L. Introdução à filosofia antiga. Premissas filológicas e outras ferramentas de trabalho. São Paulo: Paulus, 2003.

SAID, E. Humanismo e crítica democrática. Tradução de Rosaura Eichenberg. São Paulo: Cia. das Letras, 2007.

SARTRE, J.-P. O existencialismo é um humanismo. São Paulo: Abril Cultural, 1973. (Os Pensadores).

SHELLEY, M. Frankenstein ou o Prometeu Moderno. Tradução de Adriana Lisboa. Rio de Janeiro: Ediouro, 2002.

SHELLEY, P. B. Prometeu Desacorrentado e outros poemas. Tradução de Adriano Scandolara. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

VERNANT, J.-P. As origens do pensamento grego. Tradução de Ísis Borges B. da Fonseca. Rio de Janeiro: Difel, 2006.

Downloads

Publicado

31-12-2019

Como Citar

Rocha Menezes, L. M. B. da. (2019). Ápeiron: estudos em física e metafísica. Classica - Revista Brasileira De Estudos Clássicos, 32(2), 353–358. https://doi.org/10.24277/classica.v32i2.849

Edição

Seção

Notas de Pesquisa