Medéia - o silêncio ético de Aristóteles

Maria Cecília de Miranda Nogueira Coelho

Resumo


O presente ensaio faz uma análise de peça/personagem Medéia, de Eurípides, a partir da óptico/ética aristotélica. Se não fosse uma heroína trágica poderia ser Medéia, pelo menos, uma “pessoa ética”? Na Ética a Nicômaco, Eurípides é um dos pensadores mais citados por Aristóteles mas, porque o filósofo silencia sobre as ações de Medéia?


Palavras-chave


Aristóteles; Ética; Poética; Eurípides; Medeía.

Texto completo:

PDF

Referências


ARISTOTELES. Poética. Tradução de Eudoro de Sousa. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

ARISTOTELES. Ética a Nicómaco. Tradução de Leonel Vallandro, Gerd Bornhein. São Paulo: Abril Cultural, 1973.

ARISTOTELES. Ethica Nicomachea. Oxford: Oxford University Press, 1959.

ELSE, G. Aristotles Poetics: The Argument. Cambridge: Cambridge University Press, 1957.

EURÍPIDES. Medéia. Tradução de Mario da G. Kury. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1977.

EURIPIDES. Medéia. London: W. Heinemann, 1946.

FONSECA, I. B. B. O divórcio no direito ático. In: PINTO, N. F., BRANDÃO, J. L (org.). Cultura Clássica em Debate. Belo Horizonte: [s.n.], 1987. p. 103-111.

JAEGER, W. Paidéia. Tradução de Artur M. Parreira. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

KITTO, H. D. F. Greek Tragedy. London, Methuen, 1954.

ROUANET, S. P. A razão cativa. São Paulo: Brasiliense, 1987.

THEML, N. Medéia - espaço/tempo-mítico/histórico. In: BRANDÃO, J. L. (org.). O Enigma em Edipo Rei. Belo Horizonte: UFMG, 1985. p. 254-260.

VERNANT, J. P. O Sujeito Trágico: historicidade e trans-historicidade. In: VERNANT, J. P.; VIDAL•NAQUET, P. Mito e Tragédia na Grécia Antiga. Tradução de Bertha H. Gurovitz. São Paulo: Brasiliense, 1991. v. 2.




DOI: https://doi.org/10.24277/classica.v0i0.816

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Maria Cecília de Miranda Nogueira Coelho

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Classica está licenciada sob a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional