Corpo e narrativa na clássica

Helena Miranda Mollo

Resumo


Este artigo tem como objetivo estudar a relação entre a Medicina e a História no V. século grego. Esta relação é estudada em duas narrativas: no Tratado sobre a Natureza do Homem e na História da Guerra do Peloponeso. Nestas narrativas nós estudamos as ligações entre alguns conceitos como a doença no corpo humano e a guerra. 


Palavras-chave


medicina antiga; narrativa; história; documento.

Texto completo:

PDF

Referências


BRATESCU, G. Le Probleme de la Mesure dans la Collection Hippocratique. In: La Collection Hippocratique et son rôle dans l’Histoire de la Médicine. Leiden: G. L. Brill, 1972.

CAMBIAMO, G. Pathologie et Analogie Politique. In: La Collection Hippocratique et son rôle dans l’Histoire de la Medicine. Leiden: G. L. Brill, 1972.

FINLEY, M. Aspectos da Antiguidade. Lisboa: Edições 70, [s.d.]

FOUCAULT, M. História da Sexualidade. Rio de Janeiro: Ed. Graal, 1985. 3 v.

GRMEK, M. O homem biológico no Mediterrâneo. In: BRAUDEL, F. Uma lição de história. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1989.

PETER, J. P.; REVEL, J. O Corpo. O homem doente e sua história. In: LE GOFF, J.; NORA, P. (org.). História: novos objetos. Rio de Janeiro: Ed. Francisco Alves, 1988. p. 141-160.




DOI: https://doi.org/10.24277/classica.v0i0.780

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Helena Miranda Mollo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Classica está licenciada sob a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional