Religião e artes divinatórias na Etrúria antiga

Autores

  • Norberto Luiz Guarinello Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.24277/classica.v4i4.580

Palavras-chave:

Adivinhação, Etrúria, Sêneca, racionalidade, religião antiga.

Resumo

Na bibliografia contemporânea, o pensamento "racional e científico" greco-romano é freqüentemente contraposto à religiosidade e à superstição dos etruscos. O mundo destes seria governado por divindades terríveis e incontroláveis e a possibilidade de ação humana se restringiria à adivinhação de seus desejos, através dos sinais enviados pelos deuses, como o raio. Esta contraposição se baseia, em grande medida, em uma passagem célebre das Questões Naturais de Sêneca. Mas a interpretação desta passagem foi apressada e sua releitura nos permite repensar os dois termos dessa oposição e os próprios limites da "racionalidade" greco-romana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Norberto Luiz Guarinello, Universidade de São Paulo

Departamento de História

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Universidade de São Paulo, USP

Referências

BLOCH, R. Os etruscos. Lisboa: Verbo, 1966.

BLOCH, R. Prodigi e divinazione nel mondo antico. Roma: Newton Compton, 1976.

BOURDIEU, P. Gostos de classe e estilos de vida. In: ORTIZ, R. (org.). Pierre Bourdieu. São Paulo: Ática, 1983.

DUMEZIL, G. La religion romaine archaïque. Paris: Payot, 1974.

GRENIER, A. Les religions étrusque et romaine. Paris; PUF, 1947.

GRODZYNSKI, D. Par la bouche de l'empereur. In: VERNANT, J.- P. (dir.). Divination et rationalité. Paris: Seuil, 1974.

GUARINELLO, N. L. Classe e cultura na Etrúria arcaica. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 7, n. 13, 1987.

HEURGON, J. Classes et ordres chez les étrusques. In: Recherches sur les structures sociales dans l'antiquité classique. Paris: Éditions du CNRS, 1970.

LONG, A. A. Lafilosofia helenística. Madrid: Revista de Occidente, 1974.

MANSUELI, G. "Individuazione e rappresentazione storica nell'arte etrusca". Studi Etruschi, Roma, v. 36, 1968.

PALLOTTINO, M. Etruscologia. Buenos Aires: Eudeba, 1965.

PIGANIOL, A. Les étrusques, peuple d'Orient. Cahiers d'Histoire Mondiale, Paris, v. 1, n. 2, 1953.

TURCAN, R. Encore sur la prophétie de Vegoie. In: L 'Italie pré-romaine et la Rome republicaine. Roma: École Française, 1976.

VERNANT, J.-P. Paroles et signes muets. In: VERNANT, J.-P. (dir). Divination et rationalité, op. cit.

Downloads

Publicado

1991-12-01

Como Citar

Guarinello, N. L. (1991). Religião e artes divinatórias na Etrúria antiga. Classica - Revista Brasileira De Estudos Clássicos, 4(4), 123–133. https://doi.org/10.24277/classica.v4i4.580

Edição

Seção

Adivinhação no Mundo Antigo