A adivinhação e as origens do pensamento científico na China

Autores

  • Ricardo Mário Gonçalves Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.24277/classica.v4i4.577

Palavras-chave:

China antiga, adivinhação, pensamento científico, Dinastia Chang, I-Ching (Livro das Mutações).

Resumo

Este artigo apresenta um quadro geral da antiga civilização chinesa, inserindo no mesmo a problemática das práticas divinatórias e suas relações com o pensamento científico, cujas origens remontam a época da Dinastia Chang ou Yin (1708-1059 a.C.), focalizada mais detalhadamente neste trabalho. Datam dessa época os mais antigos textos da civilização chinesa - textos divinatórios que nos informam sobre a vida política, as crencas religiosas, a estrutura social e também sobre os primeiros ensaios do pensamento científico no Extremo Oriente como, por exemplo, a elaboração dos primeiros calendários. Ao término do artigo, apresenta-se o I-Ching (Livro das Mutações) e sua utilização nas artes divinatórias chinesas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Mário Gonçalves, Universidade de São Paulo

Departamento de História

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Universidade de São Paulo, USP

Referências

ELISSEEFF, Vadime, e Danieiie. La Civilisation de la Chine Classique. Paris: Arthaud, 1987.

GUERRA, Joaquim A. de Jesus. O livro das mutações. Macau: Jesuítas Portugueses, 1984.

HATTORI, Ryutaro. Eki to Jujutsu [O I-Ching e a magia]. Tóquio: Shinjimbutsu Jurai-sha, 1972.

HATTORI, Ryutaro. Eki to Nihonjin [O I-Ching e os japoneses]. Tóquio: Yuzankaku, 1975.

JOPPERT, Ricardo. O alicerce cultural da China. Rio de Janeiro: Avenir, 1978.

KAIZUKA, Shigeki. Kodai Yin Teikoku [O antigo Império Yin]. Tóquio: Mimizu Shobô, 1972.

LEGGE, James. The I-Ching. New York: Dover Publications, 1962.

NEEDHAM, Joseph. Science and Civilization in China. Cambridge, Mass.: Cambridge University Press, 7 v., 1984-1985.

WILHELM, Richard. I-Ching. Regensburg: Eugen Diederichs Verlag, 1973.

WILHELM, Richard. I-Ching, o livro das mutações. Trad. de Gustavo A. Correia Pinto. São Paulo: O Pensamento, s.d.

YABUUCHI, Kiyoshi. Kagaku-shi kara mita Chûgoku bunmei [A civilização chinesa vista pela História da Ciência]. Tóquio: NHK, 1982.

Downloads

Publicado

01-12-1991

Como Citar

Gonçalves, R. M. (1991). A adivinhação e as origens do pensamento científico na China. Classica - Revista Brasileira De Estudos Clássicos, 4(4), 67–80. https://doi.org/10.24277/classica.v4i4.577

Edição

Seção

Adivinhação no Mundo Antigo