Efeitos de humor no poema VIII de Catulo

Paulo Sérgio Vasconcellos

Resumo


Neste artigo apresenta-se uma contribuição ao estudo dos efeitos de humor no poema VIII de Catulo; de fato, além do metro dessa composição e de outros elementos criadores de distanciamento irônico que os estudiosos têm apontado, um outro aspecto de sua forma, ainda pouco percebido, guia a leitura para essa interpretação: o jogo, a maneira de anagrama imperfeito (o “hipograma”, ou, mais precisamente, “criptograma”, de Saussure), com os sons do nome da amada, aparentemente calado. E mais uma das maneiras com que o poeta elabora a jocosa diferença entre o que se diz e o que, sentido e reprimido, deixa-se, porém, transparecer.


Palavras-chave


poesia latina; Catulo; Coliambo.

Texto completo:

PDF

Referências


ACHCAR, Francisco. Lírica e lugar-comum. Alguns temas de Horácio e sua presença em português. São Paulo: Edusp, 1994.

ARISTÓTELES. Poética. Tradução de Eudoro de Souza. São Paulo: Ars Poética, 1992.

CAIRNS, Francis. Generic composition in Greek and Roman poety. Edinburgh: Edinburgh University Press, 1972.

CONTE, Gian Biagio. Virgilio, il genere e i suoi confini. Milano: Garzanti, 1984.

FARRELL, Joseph. Vergil’s Georgics and the traditions of ancient epic. New York; Oxford: Oxford University Press, 1991.

FORDYCE, C. J. Catullus, a commentary. Oxford: Clarendon Press, 1961.

GUBERNATIS, Lenchantin de. Il libro di Catullo. Torino: Loescher, 1980.

KENNEY, E. J. – Viuida uis. Polemic and pathos in Lucretius I. 62-101. In: WOODMAN, T.; WEST, D. Quality and Pleasure irz Latin Poetty. Cambridge: Cambridge University Press, 1974. p. 18-30.

MARTIN, Charles. Catullus. New Haven; London: Yale University Press, 1992.

MENDES, Odorico. Virgilio Brazileiro. Rio de Janeiro: Garnier, s./d.

O'HARA, James. J. True Names. Vergil and Alexandrian Tradition of Etymological Wordplay. Ann Arbor: The University of Michigan Press, 1966.

ORAZIO. Arte Poetica. Introduzione e commento di Augusto Rostagni. Torino: Loescher, 1986.

OVIDE. Heródes. Paris: Les Belles Letres, 1965.

OVIDE. LesAmours. Texte établi et traduit par Henri Bornecque. Paris: Les Belles Letres, 1930.

PROPERCE. Élégies. Texte établi et traduit par D. Paganelli. Paris: Les Belles Letres, 1947.

QUEIROZ, Eça de. A Relíquia. São Paulo: Brasiliense, 1961.

SAUSSURE. As palavras sob as palavras. 2. ed. Tradução de Carlos Vogt. São Paulo: Abril, 1978. (Os Pensadores)

STAROBISNKI, Jean. As palavras sob as palavras. Os anagramas de Ferdinand de Saussure. Tradução de Carlos Vogt. São Paulo: Perspectiva, 1974.

WHEELER, A. L. Catullus and the Traditions of Ancient Poetry. Berkeley: University of California Press, 1974.




DOI: https://doi.org/10.24277/classica.v9i9/10.521

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Paulo Sérgio Vasconcellos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Classica está licenciada sob a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional