Passatempos de uma época mítica: o Egito antigo

Autores

  • Margaret Marchiori Bakos Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.24277/classica.v9i9/10.509

Palavras-chave:

lazer, jogos, Egito.

Resumo

Este artigo versa sobre jogos e lazeres dos antigos egípcios, valorizando as representações dessas atividades como indícios para o conhecimento das maneiras como aquela gente usava o seu tempo livre. Reflete sobre as limitações a criatividade dos indivíduos, face aos seus contextos, e salienta, nesse caso, a presença de relacionamentos míticos em todas as instâncias de sociabilidade, até mesmo nas de lazer. Ele mostra as potencialidades das imagens de jogos como instrumentos de pesquisa para o conhecimento das relações dos homens entre si e com os deuses, no Egito antigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALLAM, Schafik. Eveyday life in Ancient Egypt. Guizeh: Foreign Cultural Information Dept., 1985.

BAKOS, Margaret Marchiori. The significance of wine drinking in love and daiiy life in Ancient Egypt. Atti VI Congresso Intermionale di Egittologia, Torino, 1993.

BAKOS, Margaret Marchiori. O que são os hieroglifos. São Paulo: Brasiliense, 1996.

BAKOS, Margaret Marchiori. Fatos e mitos do antigo Egito. Porto Alegre: EDIPUC, 1995.

BAKOS, Margaret Marchiori. Quando duas vidas se juntam no estudo de outras: as pesquisas de Rosalind e Jac Janssen sobre os antigos egípcios. Phoinix, LHIA, Rio de Janeiro, v. 4, p. 299-321, 1999.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

CURTO, Silvio. L'arte militare presso gli antichi egizi. Torino: Edizioni D'Arte Fratelli Pozzo, 1973.

DECKER, Wolfang. Sports and games of Ancient Egypt. New Haven: Yale University Press, 1987.

ERMAN, Adolf. Life in Ancient Egypt. New York: Dover Publications, 1971.

ERMAN, Adolf. Sports and games in the Ancient Near East. The Oriental Institute Museum, The University of Chicago, june 1 - september 18, 1994.

FREED, Rita E. Egypt's golden age: the art of living in the New Kingdom 1558-1085 a. C. Boston: Museum

of Fine Arts, 1981.

GALÁN, José. Bullfight scenes in Ancient Egyptian Tombs. The Journal of Egyptian Archaeology, v. 80, p. 81-97, 1994.

GHALIOUNGUI, Paul. Magic and medica1 science in Ancient Egypt. Amsterdam: Boekhandel en Antiguaria at NV, 1981.

HICKMANN, H. La danse aux miroirs. Extraits de Bulletin de L'lnstitut d'Egpte, v. XXXVII, p. 151-190, 1954-1955.

JANSSEN, Rosalind; JANSSEN, Jac. Growing up in Ancient Egypt. London: The Rubicon Press, 1990.

KAHN, Elisabeth (Org.). In the tomb of Nefertari. The J. Paul Getty Conservative Institute, Santa Monica, 1993.

MANNICHE, Lise. Music and musicians in Ancient Egypt. London: British Museum Press, 1991.

MONTET, Pierre. A vida quotidiana no Egito no tempo dos Ramses. Lisboa: Livros do Brasil, s/d.

ROMANO, Jarges. Daily life of thedncient Egyptian. Pittsburgh: The Board of Trustees, 1990.

WACTERSON, Barbara. Women in ancient Egypt. New York: St. Martin's Press, 1991.

Downloads

Publicado

1997-12-19

Como Citar

Bakos, M. M. (1997). Passatempos de uma época mítica: o Egito antigo. Classica - Revista Brasileira De Estudos Clássicos, 9(9/10), 19–33. https://doi.org/10.24277/classica.v9i9/10.509

Edição

Seção

Jogos e Espetáculos no Mundo Antigo