L'apparition de l’écriture dans le monde égéen a l’Age du Bronze

René Treuil

Resumo


Este artigo tem por objetivo focalizar as etapas que levaram ao aparecimento da escrita, no mundo egeu, bem como discutir suas possíveis causas. O Neolítico presencia a passagem da marca simples, herdada do Paleolítico, ao verdadeiro signo, escrito sobre um tablete ou uma plaqueta, não tendo as pintaderas e as assim chamadas “pré-escritas” nada, provavelmente, a ver com esse fato. O Bronze Antigo, adotando o selo como instrumento de controle, associa o signo ao utensílio e, com as marcas de ceramista, utiliza o primeiro sistema de notação conhecido na região. Com o aparecimento do sistema palaciano, Creta amplia as utilizações precedentes e lhes acrescenta um segundo sistema de notação, representado pelas marcas de pedreiro; adota sobretudo, porem, a escrita hieroglífica, e, em seguida, a linear A para as necessidades da contabilidade palaciana e privada.


Palavras-chave


Egeu; Balkans; Creta; Neolítico; Idade do Bronze; pintaderas, plaquetas; signos; selos; pré-escrita; escrita; tabletes; marcas de ceramista; marcas de pedreiro; hieroglífica; linear A.

Texto completo:

PDF (Français (France))

Referências


Sem referências




DOI: https://doi.org/10.24277/classica.v11i11/12.451

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 René Treuil

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Classica está licenciada sob a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional