Édipo e Perseu na iconografia clássica

Autores

  • Ordep Serra Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.24277/classica.v13i13/14.443

Palavras-chave:

Édipo, Perseu, iconografia, mitos, pintura cerâmica, monstros

Resumo

Neste artigo, o autor faz uma comparação entre a iconografia de Édipo e a de Perseu, focalizando um aspecto da narrativa pictórica que permite a correlação entre os mitos desses heróis: um contraste visível na maneira como eles confrontam seus adversários (a esfinge, em um caso, e no outro, a Górgona). No que toca a Édipo e sua inimiga, um dos mais constantes elementos da representação, na pintura cerâmica, é uma espécie de duelo visual entre os dois, cifra do repto enigmático. No que tange a Perseu, em sua luta com a Górgona, os artistas dão destaque ao modo como o herói evita a contemplação da adversária. O autor procura explorar o significado deste contraste que aproxima de modo inesperado duas séries míticas, e chama a atenção para a importância da mitopoiese iconográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ordep Serra, Universidade Federal da Bahia

Departamento de Antropologia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal da Bahia

Membro da Academia de Letras da Bahia

Referências

BEAZLEY, J. D. Attic black figure vase painters. Oxford: Clarendon Press, 1956.

CALAME, C. "Vision, blindness and mask: the radicalization of the emotions in Sophocles' Oedipus Rex". In M. S. Silk (ed.). Tragedy and the tragic. Oxford: Clarendon Press, 1996, p. 18-37.

DEMISCH, H. Die Sphynx. Geschichte ihrer Darstellung von der Anfängenbis zu Gegenwart. Stuttgart: Urachhaus, 1977.

DESSENE, A. Le sphynx. étude iconographique. Bibliothèque des Écoles Francaises d'Athènes et de Rome, CLXXXVI. Paris: Boccard, 1957.

FRONTISI-DUCROUT, F. Du masque au visage. Paris: Flammarion, 1995.

HERBIG, R. Sphynx. RE III A, 2, p. 703-1749, 1929.

KRAUSKOPF, I. Oedipus. LIMC, VII, p. 1- 15, 1994.

MORET, J.-M. Oedipe, la sphynx et les thébains. Essai de mythologie iconographique. Institut Suisse de Rome, 1984.

PIPILI, M. Nereus. LIMC, Vol VI, 1 p. 826.

SIMON, E. Das Satyrspiel Sphynx des Aischylos. Heidelberg: Carl Winters. Universitäts verlag, 1981.

TRINDADE SERRA, O. J. O reinado de Édipo. Tese de Doutorado. São Paulo: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social/ FFLCH- USP, 1996.

Downloads

Publicado

2001-12-01

Como Citar

Serra, O. (2001). Édipo e Perseu na iconografia clássica. Classica - Revista Brasileira De Estudos Clássicos, 13(13/14), 71–80. https://doi.org/10.24277/classica.v13i13/14.443

Edição

Seção

Artigos