Morts de Priam et d'Astyanax: deux scènes interdites dans les poèmes homériques (Réflexions sur la tradition épique homérique et la circulation des images en Grèce antique)

David Bouvier

Resumo


 As imagens representando um jovem guerreiro que golpeia um ancião com o corpo de uma crianca constituem, na Grécia dos anos 570-460  a.C., um corpus coerente e rico, que permanece sem equivalente nas tradições textuais ou literárias. Se a autonomia das tradições iconográficas e textuais é um fato reconhecido, é preciso acentuar que existem sempre, entre os diversos sistemas simbólicos de uma mesma cultura, relações complexas de complementaridade, de compensação e de influência. Nas tradições poéticas e literárias, evidencia-se o fato de que a Ilíada exerceu uma influência essencial que tornava difícil a crítica a um jovem herói do qual se esperava que procedesse a imagem de Aquiles. Entretanto, enquanto os textos parecem visivelmente incomodados por denunciar, de forma por demais explicita, a violência de Neoptólemo, as imagens, que não têm necessidade de nomear, são mais livres para sugerir o que o texto repudia ou silencia. Quanto aos vasos que nomeiam figuras, a escrita está sempre em sentido oposto ao da sugestão da imagem, quando não a torna confusa.


Palavras-chave


Ilíada; imagem e escrita; vasos áticos; inscrições de nomes em vasos; assassínio de um ancião.

Texto completo:

PDF (Français (France))

Referências


ANDERSON, Michael J. The fall of Troy in early Greek poetry and art. Oxford: Clarendon Press, 1997.

BOUVIER, David. Le sceptre et la lyre. L'Iliade ou les héros de la mémoire. Grenoble: Millon, 2002.

DUGAS, C. Traditions littéraires et traditions graphiques dans l'Antiquité grecque. Antiquité Classique. Louvain-la-Neuve, v. 6. p. 5-26, 1937. Repris in RECUEIL CHARLES DUGAS. Paris: de Boccard, 1960, p. 59-74.

MANGOLD, Meret. Kassandra in Athen. Die Emberung Trojas auf Attischen Vasenbildern. Berlin: Reimer, 2000.

MORRIS, Sarah. The sacrifice of Astyanax: Near Eastem contributions to the siege of Troy. In CARTER, J. B.; MORRIS, S. P. The Ages of Homer. Austin: of Texas Press, 1995, p. 221-246.

MOTA, Charlotte. Sur les représentations figurées de la mort de Troïlos et de la mort d' Astyanax. Revue archéologique. Paris, v. 49, p. 25-44, 1957.

NEILS, Jenifer. Priamos. In Lexicon Iconographicum Mythologiae Classicae. Zurich - Munich: Artemis Verlag, 1994, v 7.1, p. 507-21.

POMARI, Alessandra. Le massacre des innocents. In BRON, C.; KASSAPOGLOU, E. L'image en jeu. De l'Antiquité a Paul Klee. Yens-sur-Morges: Cabedita, 1992, p. 103-127.

RUTHERFORD, Ian. Pindar's paeans. A reading of the fragments with a survey of the genre. Oxford: University Press, 2001.

SPARKES, Brian A. Aspects of Onesimos. In BOULTER, C. G. Greek Art Archaic into Classical. Leiden: Brill, 1985, p. 18-39.

TOUCHEFEU, Odette. Astyanax I. In Lexicon Iconographicum Mythologiae Classicae. Zurich - Munich: Artemis Verlag, 1981, v. 2.1, p. 507-21.

TOUCHEFEU, Odette. Lecture des images mythologiques. Un exemple d'images sans texte, la mort d'Astyanax. In LISSARRAGUE, E; THELAMON, E, Images et céramiques grecques. Rouen: [s. n.], 1983, p. 21-27 et (discussion avec E. Keuls: p. 171 -172).

WIENCKE, Matthew I. An epic theme in Greek Art. American Journal ofArcheology. New York, v. 58, p. 285-306, 1954.

WILLIAMS, Dyfri. The Ilioupersis Cup in Berlin and the Vatican. Jahrbuch der Berliner Museen. Berlin, v. 18, p. 9-23, 1976.

WILLIAMS, Dyfri. Onesimos and the Getty Iliupersis. In Greek Vases in the J. Paul Getty Museum. Malibu, v. 5, p. 41-64, 1991.




DOI: https://doi.org/10.24277/classica.v13i13/14.441

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 David Bouvier

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Classica está licenciada sob a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional