O Laques e o Protágoras segundo Vlastos

Autores

  • João Paulo de Oliveira Teixeira UFMG

DOI:

https://doi.org/10.24277/classica.v28i2.371

Palavras-chave:

Laques, Protágoras, unidade das virtudes, saber técnico, saber moral.

Resumo

Este texto tem como objetivo uma análise crítica do artigo de Vlastos “The Protagoras and the Laches”, e de sua tese central acerca da anterioridade do Protágoras com relação ao Laques. Para isso, Vlastos defende a existência de uma distinção entre saber moral e técnico no Laques, distinção que estaria ausente no Protágoras, e interpreta o Laques como uma refutação da tese da unidade das virtudes apresentada no Protágoras. Pretende-se demonstrar que Vlastos retira suas supostas evidências textuais dos seus respectivos contextos, de modo a melhor servirem de base para sua interpretação. No entanto, as passagens escolhidas por Vlastos, quando analisadas no interior de seus contextos, não parecem permitir nenhuma das inferências do comentador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

PLATÃO. Diálogos: Critão – Menão, Hípias Maior e outros. Tradução de Carlos Alberto Nunes. Belém: EDUFPA, 1980

PLATÃO. Protágoras. Tradução, introdução e notas de Eleazar Magalhães Teixeira. Fortaleza: UFC, 1986.

VLASTOS, G. The Protagoras and the Laques. In: ______. Socratic studies. Cambridge: Cambridge University Press, 1994. p. 109-126.

Downloads

Publicado

11-12-2015

Como Citar

Teixeira, J. P. de O. (2015). O Laques e o Protágoras segundo Vlastos. Classica - Revista Brasileira De Estudos Clássicos, 28(2), 209–217. https://doi.org/10.24277/classica.v28i2.371

Edição

Seção

Dossiê Gregory Vlastos