A vida de Eurípides de Sátiro

Gabriela Guimarães Gazzinell

Resumo


Ainda que se encontre em estado fragmentário, A Vida de Eurípides de Sátiro é a biografia peripatética mais extensa que chegou à modernidade. Escrita no século III a.C., a narrativa, em que se imbricam vida e literatura, revela traços das convenções biográficas do Período Helenístico. Para além de seu interesse historiográfico, ocupa posição importante no corpus das “vidas” de Eurípides uma vez que explicita as fontes de muitos episódios que constam de suas biografias.    


Palavras-chave


Eurípides; Sátiro; biografia antiga; peripatéticos; tragédia; comédia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24277/classica.v27i2.314

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Gabriela Guimarães Gazzinell

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Classica está licenciada sob a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional