O clássico e o regional em José Américo de Almeida

Autores

  • Elizabeth Maia da Nóbrega

DOI:

https://doi.org/10.24277/classica.v15i15/16.287

Resumo

Nosso intento é assinalar elementos da cultura clássica presentes em A Bagaceira, obra de José Américo de Almeida, assim como identificar o clássico que aí se plasma na confluência do regional com o universal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABBAGNANO, Nicola. Dicionário de Filosofia. Tradução coordenada e rev. por Alfredo Bosi, com a colaboração de Maurice Cunio et alii. 2. ed. São Paulo: Mestre Jou, 1962. p. 980.

ALMEIDA, José Américo de. A Bagaceira. Introdução de M. Cavalcanti Proença. 34. ed. Rio de Janeiro: José Olympio. 2000. p. 153.

ALMEIDA, José Américo de. A Bagaceira. Edição Crítica por Milton Paiva, Elisalva de Fátima Madruga e Neroaldo Pontes de Azevedo. Rio de Janeiro; João Pessoa: José Olympio; Fundação Casa de José Américo. 1989. p. 263.

ALMEIDA, José Américo de. A Bagaceira. Com trabalhos de Alceu Amoroso Lima, Gilberto Freyre, Ivan Cavalcanti Proença, Juarez da Gama Batista, Leandro Tocantins, M. Cavalcanti Proença, Odylo Costa Filho e Rachel de Queiroz. 15. ed. Rio de Janeiro; João Pessoa: José Olympio; Secretaria de Educação de Governo do Estado da Paraíba, 1978. p. 269.

BARBOSA Filho, Hildeberto. A convivência crítica. Ensaios sobre a produção literária da Paraíba. João Pessoa: Governo do Estado, 1985.

CASTRO, Ângela Bezerra de. Re-leitura de A Bagaceira (Uma aprendizagem de desaprender). Rio de Janeiro: José Olympio. 1987. p. 103.

FERRATER MORA, José. Dicionário de Filosofia. Tradução de Maria Stela Gonçalves, Adail U. Sobral, Marcos Bagno, Nicolás Nyimi Campanário. São Paulo: Loyola. 2000. Tomos I, II, III e IV.

HAUSER, Arnold. Historia social da literatura e da arte. Trad. Walter H. Geenen. 4. ed. São Paulo: Mestre Jou, 1982. t. I e II.

HEGEL, G.W.F. Esthétique. Traduit par S. Jankélévitch et alii. Paris: Aubier, Editions Montaigne. 1944. (Col. Philosophie de 1’Esprit, t. I, II, III, IV)

JAEGER, Werner. Paideia. A formação do homem grego. Tradução de Artur M. Parreira. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes. 1989. p. 966.

LEITE, Norma Lins. Bibliografia comentada de José Américo de Almeida. Obras do Autor e sobre o Autor. 1921-1996. João Pessoa: Editora Universitária; Fundação Casa de José Américo, 1998. v. I, p. 188.

SANTIAGO, Silviano. Uma literatura nos trópicos. São Paulo: Editora Perspectiva, 1968. (Col. Debates, p. 212)

SANTOS, Idelette Fonseca dos (Org.). A literatura na Paraíba: ontem & hoje. João Pessoa : Fundação Casa José Américo, 1989. p. 192.

RABELLO, Adylla Rocha. Exposição comemorativa dos sessenta anos de A Bagaceira. João Pessoa: Fundação Casa de José Américo, 1998. p. 45.

RABELLO, Adylla Rocha. José Américo de Almeida nos bastidores. 1994. Dissertação (Mestrado em Letras) – UFPB, João Pessoa, 1994. p. 193.

Downloads

Publicado

2003-11-26

Como Citar

Nóbrega, E. M. da. (2003). O clássico e o regional em José Américo de Almeida. Classica - Revista Brasileira De Estudos Clássicos, 15(15/16), 277–284. https://doi.org/10.24277/classica.v15i15/16.287

Edição

Seção

Artigos