‘E a Elegia se aproxima’: a presença de alguns motivos elegíacos no Epitalâmio a Estela e Violentila de Estácio

Erika Werner

Resumo


Em sua coleção de poemas conhecida como Siluae, Estácio inclui um único epitalâmio (Stat. Silu. 1.2), composto em versos hexamétricos e dedicado a celebrar o casamento de Lúcio Arrúncio Estela e Violentila. Apesar de poucas informações acerca dos noivos terem sobrevivido ao longo dos séculos e a maior parte delas derivar desta e de outras composições poéticas do mesmo período, Estela parece ter sido conhecido não somente por sua carreira pública, mas também por sua obra poética. O objetivo deste artigo é mostra como Estácio, aludindo à imagem de Estela como poeta elegíaco e a sua relação amorosa com Violentila, aparentemente anterior ao casamento, entrelaça nesse epitalâmio elementos tradicionalmente associados ao universo nupcial com elementos que remetem a outro modelo poético, o elegíaco, aproximando ambos os gêneros em um único poema.

Palavras-chave


Epitalâmio; elegia; Estácio; Siluae; gêneros poéticos.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2013 Erika Werner

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.