Tragédia, finitude e os impasses da filosofia do trágico

Gilmário Guerreiro da Costa

Resumo


O presente artigo delineia uma possibilidade de análise das relações entretragédia e filosofia, com foco residindo nas questões suscitadas pela tragédia grega que serviram de esteio à construção da filosofia do trágico. Nesse itinerário, o problema da finitude recobrou especial interesse, ao qual concedemos ênfase. O itinerário conduziu a impasses que se referem às próprias possibilidades de a filosofia construir uma escrita coerente com o objeto que buscou estudar, a saber, o trágico.

Palavras-chave


Tragédia; Filosofia do trágico; Finitude; Contradição.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. W. Teoria estética. Trad. Artur Morão. São Paulo: Martins Fontes, 1982.

AGAMBEN, G. Filosofia e Tragédia. A filosofia como retomada da consciência trágica. In: ______. A linguagem e a morte: um seminário sobre o lugar da negatividade. Trad. Henriques Burigo. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006.

ARISTÓTELES. Poética. Trad. Eudoro de Souza. São Paulo: Ars Poetica, 1992.

De MAN, P. Alegorias da leitura: linguagem figurativa em Nietzsche, Rilke e Proust. Trad. Lenita Esteves. Rio de Janeiro: Imago, 1996.

ÉSQUILO. Agamêmnon. In: Oréstia: Agamêmnon, Coéforas, Eumênides. Trad. Mário da Gama Kury. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1991.

LACOUE-LABARTHE, P. A imitação dos modernos: ensaios sobre arte e filosofia. Org. Virginia de Araújo Fiqueiredo e João Camilo Penna; trad. João Camilo Penna et al. São Paulo: Paz e Terra, 2000.

LORAUX, N. A tragédia grega e o humano. Trad. Maria Lúcia Machado. In: NOVAES, Adauto (Org.). Ética. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

MACHADO, R. Zaratustra: tragédia nietzschiana. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

NIETZSCHE, F. Além do bem e do mal: prelúdio a uma filosofia do futuro. Trad. Paulo César Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

NIETZSCHE, F. Also sprach Zarathustra: ein Buch für alle und keinen. Köln: Anaconda Verlag, 2005.

NIETZSCHE, F. Assim falou Zaratustra. Trad. Mário da Silva. Rio de Janeiro: Editora Bertrand, 1989.

NIETZSCHE, F. Assim falou Zaratustra: um livro para todos e ninguém. In: ______. Obras incompletas I. Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho. São Paulo: Nova Cultural, 1987. (Coleção Os Pensadores).

NIETZSCHE, F. O caso Wagner: um problema para músicos / Nietzsche contra Wagner: dossiê de um psicólogo. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

ROSA, G. Grande sertão: veredas. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994. v. 2.

ROSA, G. Primeiras estórias. In: ______. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994. v. 2.

SCHELLING, F. W. Cartas filosóficas sobre o dogmatismo e o criticismo. In: ______. Obras escolhidas. Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho. São Paulo: Abril Cultural, 1979. (Col. Os Pensadores).

SZONDI, Peter. Ensaio sobre o trágico. Trad. Pedro Süssekind. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.




DOI: https://doi.org/10.14195/2176-6436_23_3

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2013 Gilmário Guerreiro da Costa

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Classica está licenciada sob a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional