Sermão I de Santa Catarina: Latim e Retórica

João Bortolanza

Resumo


Este artigo mostra um pequeno resultado do projeto de pesquisa Ánálise do Latim empregado por Vieira em seus Sermões’. O latim é a própria retórica de Vieira e o levantamento das citações latinas permite reconstruir todo seu labor intelectual. É o que me proponho demonstrar no Sermão I de Santa Catarina, que tem como epígrafe e mote apenas a expressão latina ne forte. A expressão é extraída da frase das virgens prudentes ne forte sufficiat nobis et vobis. Esse “para que não por acaso” passa a ser explorado a partir da etimologia forte > Fortuna, esta, por sua vez, representada pela roda, a roda da Fortuna, sempre instável. E a roda, com a palma e a espada, é um dos troféus da vitória da virgem mártir Catarina em sua imagem. Desfilam frases dos textos sagrados e de clássicos, como Sêneca, Plínio e Plutarco.

Palavras-chave


Latim e Retórica; Emprego do latim; Sermão; Roda da fortuna; Santa Catarina.

Texto completo:

PDF

Referências


HARVEY, Paul. Dicionário Oxford de Literatura Clássica Grega e Latina. Trad. Mário da Gama Kury. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

REBOUL, Olivier. Introdução à Retórica. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

TRINGALI, Dante. Introdução à Retórica. São Paulo: Duas Cidades, 1988.

VIEIRA, António. Obras Completas. Sermões. 5 v. prefaciados e revistos pelo Rev. Padre Gonçalo Alves. Porto: Lello & Irmãos, 1993.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2013 João Bortolanza

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Classica está licenciada sob a Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional