1.
Dezotti MCC. A significação das estruturas formulares dos epimítios da fábula esópica anônima. Classica [Internet]. 1º de dezembro de 1993 [citado 20º de janeiro de 2022];5(1):117-32. Disponível em: https://revista.classica.org.br/classica/article/view/549