[1]
C. F. Pate Nuñez, “Senhora dos Afogados: itinerário baldeante de um mito”, Classica, p. 361–366, dez. 1993.