[1]
F. Vergara Cerqueira, “Uma antropologia histórica da Grécia antiga: Gernet e a reinvenção durkheimiana dos estudos helênicos”, Classica, vol. 32, nº 2, p. 69–90, dez. 2019.