[1]
J. J. L. Brandão, “No reino da isotimia: diferenças sociais e mundo dos mortos em Luciano”, Classica, vol. 7, p. 83–100, dez. 1995.