[1]
M. Thamos, “Ó Musa, agora as causas: uma leitura da invocação da Eneida”, Classica, vol. 20, nº 1, p. 115–124, jul. 2007.